Alma Solitária

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vento quando açoita a bananeira
Ela geme, ela chora de dor
Porque vive abandonada coitada
Sem carinho e sem amor


Eu sou igualzinho a ela
Também vivo sozinho a meditar
Numa triste sexta-feira
Minha linda companheira

Sem querer me fez chorar

Ao sentir também o vento
Na distância eu juro que pensei
Vivo agora solitário
Carregando meu calvário
Até quando eu não sei


Autor(es): Elpídio dos Santos

Canciones más vistas de

Paranga en Enero