Alegria Virtual

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Quando ela apareceu, eu então desconfiei,
Que essa garota era tudo que eu não procurei.
Lágrimas jorraram quando eu tentei explicar
Que no meu planeta é proibido se entregar e amar.

Mas eu me entreguei e amei
Escondido de tudo que poderia...
Me encrenquei quando descobriram
Que minha vida resumia-se a linda que encontrei.
E agora o que fazer pra esconder a minha perdição?

Quando eu descobri que ela alcançava o Nirvana eu pirei
E só quis ela do meu lado
Passeamos pela noite fria esquentando a solidão
E eu senti a sensação.

Fugimos pra longe onde o rock era só diversão
EMO não tocava, era só a tal de zuação.
O mundo tão perfeito e eu com ela me casei!
Mas eles chegaram e mudaram tudo que eu criei

E lentamente a liberdade foi virando repreensão
Critica na internet não trazia solução
Música comprada moda alienação
Subi no palanque e microfone, liguei distorção.

"Batizaram a sadomia com um casamento virtual o que é certo foi comprado".
"Meu planeta de alegria era tão lindo, dá ele pra mim, ou eu aperto esse botão".

Eu subi florestas e montanhas e não encontrei
Chorei pelos cantos, magoado EMO eu toquei.
Tudo que é lugar onde eu chegava ia perguntar...
(os críticos da internet não souberam explicar
as suas filosofias já não tinham lógica)
"Por favor, senhor onde eu devo chegar?".

Quando ela me olhou eu vi que algo mudou
Ela não sabia se eu era o cara que eu sou
"Que um amor sincero agente sente pelo ar"
Mas o nosso amor se acabava antes de começar

E eu desesperado entendi a tal proibição de que um amor ousado
É perigoso se é em vão
Mas o meu amor era sincero e cor-de-rosa!
E agora eu preciso reencontrar o caminho de volta.


Autor(es): Juan Bender

Canciones más vistas de

Lucy Sex Dez en Enero