Além do Paraíso

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Perversa serpente do mal, mentirosa e traidora
Vestida nas vestes mais lindas quem vê diz que é boa pessoa
Do alto do seu egoísmo só faz o que lhe interessa
Não quero fazer mal juízo mas sinto que ela não presta

Mas o que seria do amor se ela não existisse
Se um dia cansasse de mim e de noite partisse
E não mais eu a visse, o que seria de mim

Eu não peço além do que preciso

Eu não quero mais que um paraíso

Talvez a segunda mulher eu pedisse que fosse mais casta
Porque pra pecar e mentir tenho eu certo que um já basta
E enquanto eu andar por aí que ela fique esperando serena
E sem perceber que a vida que leva é sem graça e pequena

Mas o que seria do amor se ela um dia notasse
Que o mundo é maior que nós dois e também se cansasse
E também me deixasse, o que seria de mim

Eu não peço além do que preciso

Eu não quero mais que um paraíso
Faço até bem mais do que eu posso
Pra poder ficar com quem eu gosto

Agora me reconheci e estou pronto pra recomeçar
Dos erros que já cometi aprendi a não mais me enganar
E quando encontrar outro alguém eu já sei qual sera a medida
Que seja de igual por igual do contrário eu não vejo saída

Talvez desse jeito enfim o amor triunfasse
E em vez de no rosto bater esse alguém me beijasse
Ofertando outra face
Pra bater e beijar

Eu não peço além do que preciso

Eu não quero mais que um paraíso
Faço até bem mais do que eu posso
Pra poder ficar com quem eu gosto

E eu gosto é de você

Canciones más vistas de