A Lenda do Herói - Fase 2

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Devo agora
Desbravar esta floresta
Não achei a princesa
Procurar é o que me resta
Eu preciso é
Tomar muito cuidado
Um ataque posso levar
De um símio revoltado
Que atira pedras
Pra todo lado

Me equilibro em um galho
É preciso muita bravura
E mesmo eu sendo pesado
Não abalo sua estrutura
Em outra árvore
Eu pulo e vejo o inimigo
Mas eu não temerei
Vencerei todo perigo
E outra moeda
Levarei comigo

Vou para outro galho
E me pergunto o que é isso
Entrei num tronco de árvore
Que eu achei que era maciço
E enquanto desço
Outro inimigo eu venço
Saio dessa árvore
E o clima fica tenso
O cenário do nada
Fica mais denso

Vou pular no cipó
Mas antes disso dou mais um passo
E quando encosto nele
Mantém-se firme feito aço
O cipó sequer
Se deslocou para frente
Parece que aqui
A física não está presente
Isso pra mim
É surpreendente

A espada e o escudo
Não estão na minha mão
Eles podem ter
Parado em outra dimensão
Mas quando pulo
Voltam pra minha mão do nada
E enquanto eu divago
Eu levei uma pedrada
Que interrompeu
Minha escalada

Agora é hora
De vencer toda preguiça
Preciso me mexer
E sair da areia movediça
E ao contrário
Do que dizem por aí
Quanto mais me movo
Mais perto fico de sair
E minha aventura
Então prosseguir

Vejo uma serpente
Mas agora isso não importa
Pois acabei de ver
Uma árvore com uma porta
É uma sala
Com um estranho vão no teto
E agora me pergunto
Quem será o arquiteto
Que realizou
Esse projeto?

Vejo um frasco suspeito
Me parece uma poção
E é claro, eu vou beber
Pois eu vivo com emoção
Vejam só
Estou invisível
Eu achei que isso era
Impossível

Eu vou agora
Prosseguir minha viagem
A luz desvia de mim
É uma perfeita camuflagem
O poder que tenho
É extraordinário
Ninguém aqui me vê
Quando atravesso o cenário
Só tem um porém
Ele é temporário

Vários inimigos
Querem agora me atacar
Eu troco de cipó
E assim consigo me esquivar
Uma pedrada
Agora pode ser fatal
Mas eu cheguei ao topo
E enganei o meu rival

O ambiente muda
Parece um sinal
De que a floresta chegou ao final


Autor(es): Marcos Castro

Canciones más vistas de

Marcos Castro en Enero