Voar, voar

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Já faz tempo que levantei vôo
Muita coisa que eu queria já ficou pra trás
As respostas do passado
o meu peito calejado não aceita mais
O que vem da plenitude dos seus poucos anos
tem o cheiro dos canteiros da paixão
É a força que alimenta e equilibra
A minha geração

Dentro do seu peito jovem
brota forte um fogo ardente
que acende o meu
Tem sabor de vinho tinto
No calor da noite escura
um de nós bebeu
O que eu trago como herança
desses anos todos
diz que a sua juventude
não pode esperar
Hoje, muito mais que ontem
é preciso voar, é preciso voar

Voar voar voar
descobrir o que há por trás do muro
O presente já é quase passado
Voar pra buscar futuro


Autor(es): Zé Geraldo

Las canciones más vistas de

Zé Geraldo en Diciembre