Alvorada

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Alvorada lá no morro que beleza!
Ninguém chora não há tristeza
Ninguém sente disamor
O Sol colorindo
é tão lindo, é tão lindo!!!
E a natureza sorrindo
tingindo, tingindo!!!

Alvorada!!!
Alvorada lá no morro que beleza
Ninguém chora não há tristeza
Ninguém sente disamor
O Sol colorindo
é tão lindo, é tão lindo!!!
E a natureza sorrindo
tingindo, tingindo!!!

Você também me lembra a alvorada
quando chega iluminando
meus caminhos tão sem vida.
E o que me resta
é bem pouco
quase nada
do que iráassim vagando
numa estrada perdida.

Alvorada lá no morro que beleza
Ninguém chora não há tristeza
Ninguém sente disamor
O Sol colorindo
é tão lindo, é tão lindo!!!
E a natureza sorrindo
tingindo, tingindo!!!
E a natureza sorrindo
tingindo, tingindo!!!

O Sol,
há de brilhar mais uma vez!!!
A luz,
Há de chegar aos corações!!!
Do mau,
será queimada a semente.
O Amor,
será eterno novamente.
É o juizo final
a histótria do bem e do mau
quero ter olhos pra ver
a maldade desaparecer.
O Sol,
Há de brilhar mais uma vez!!!
A luz,
Há de chegar aos corações
Do mau,
será queimada a semente
O Amor, será eterno novamente!!!
O Amor será eterno novamente!!!
O Amor será eterno novamente!!!

Las canciones más vistas de

Beth Carvalho en Septiembre