Amanhã

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu tive uma queda esse mês
Não posso pagar o aluguel
Mas algo distante me diz
Que amanhã, amanhã, amanhã, amanhã, amanhã

Não sou filho burguês
Nem sempre o direito de ter
Brincar de sonhos março e abril
Pra amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã


Uma pequena luz de clarão
Me fez seduzir sedução
Hoje eu acredito na vida
E no amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã


Sou pó que veio da terra
Tive síndrome , fobia esquizofrenia
Mas espero que chegue outro dia
Pra amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã

Não ligo o que pensas de mim
Devoro os livros pra mim
Eu me divirto enquanto não chega
O amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã


Espero; escrevendo; um dia
Que todos recebam a magia
Que seu raciocínio enxerguem e entendam : todo dia, todo dia, todo dia
O amanhã o amanhã todo dia, o amanhã o amanhã todo dia
amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã amanhã


Autor(es): Fernando Macário

Canciones más vistas de