Aquarela do Brasil

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Brasil, meu Brasil brasileiro,
mulato inzoneiro,
vou cantar-te nos meus versos.
Brasil, samba que dá,
bamboleio que faz gingar.
O Brasil do meu amor,
terra de Nosso Senhor.

Abre a cortina do pasado,
tira a mãe preta do serrado,
bota o rei congo no congado.
Canta de novo, trovador,
a merencória luz da lua
toda canção do seu amor.
Quero ver essa dona caminhando
pelos salões arrastando
o seu vestido rendado.

Esse coqueiro que dá côco
é onde amarro a minha rêde
nas noites claras de luar.
Essas fontes murmurantes
onde eu mato a minha sede,
onde a lua vem brincar.
Esse Brasil lindo e trigueiro
é o meu Brasil brasileiro,
terra de samba e pandeiro.

Brasil, terra boa e gostosa,
da morena sestrosa,
de olhar indiferente.
Brasil, samba que dá
para o mundo se admirar.
O Brasil do meu amor,
terra de Nosso Senhor.


Autor(es): Ary Barroso

Las canciones más vistas de

Ary Barroso en Diciembre