Ribamar Jose

A Miragem

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Voando nas areias do deserto
Montada num camelo voador
Uma princesa do Oriete
Um dia me chamou de amor ô ô õ õ

Tinha tatuagem de serpente
Um turbante que era azul da cor do mar
Mas era só uma miragem
Que desapareceu no ar ah ah ah ah

E hoje vivo a imaginar como é que fui
Me apaixonar por algo tao irreal
Na imensidão do teu deserto me perdi
Não sei se foi meu bem ou foi meu mau

Minha miragem

Voando nas areias do deserto
Montada num camelo voador
Uma princesa do Oriete
Um dia me chamou de amor ô ô õ õ

Tinha tatuagem de serpente
Um turbante que era azul da cor do mar
Mas era só uma miragem
Que desapareceu no ar ah ah ah ah

E hoje vivo à imaginar como é que fui
Me apaixonar por algo tao irreal
Na imensidão do teu deserto me perdi
Não sei se foi meu bem ou foi meu mau

Ribamar José

Minha miragem


Autor(es): Mário Senna

Canciones más vistas de

Ribamar Jose en Agosto