Amor de Brinquedo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Meu bem estou recordando o nosso amor de criança
Quantos sonhos, quantas juras guardei em minha lembrança
Porem seu coraçãozinho não foi forte igual ao meu
Que se mantém com firmeza naquilo que prometeu

No seu brinquedo de roda cantava sempre um versinho
Que trilha em meu pensamento meu solitário caminho
O anel que tu me deste era vidro e se quebrou
O amor que me juraste era pouco e se acabou.

Que pena, meu bem que pena foste de mim esquecer
Seria agora mais lindo o nosso antigo querer
Não fosse o tempo inimigo tirar-me dos sonhos teus
Seria por toda vida a dona do beijos meus

Meu padecer é injusto por que jamais tive medo
Que fossem falsas promessas que fossem amor de brinquedo
O anel que tu me deste era vidro e se quebrou
O amor que me juraste era pouco e se acabou.

Na grande roda da vida te vejo sempre a cantar
O teu sorriso inocente, motivo do meu sonhar
Criou raízes profundas em meu viver infeliz
E faz crescer em minha alma o bem que sempre te quis

Nem mesmo o tempo inimigo faz me esquecer o passado
Quando juraste ser minha e hoje tens outro a teu lado
O anel que tu me deste era vidro e se quebrou
O amor que me juraste era pouco e se acabou


Autor(es): Manuelito Nunes

Las canciones más vistas de

Valderi e Mizael en Septiembre