Ao Deus Dará

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu, hoje sou uma mulher, ao Deus dará,
De olhos vermelhos, chorando,
Por quem não voltará...
Castigo por querer demais,
Castigo por querer achar,

Na vida o que ela não dá !...
Só me lembro do vago rumor,
De uma porta que sólta,
Como um pássaro tonto,
Aquele que vai e não volta,
Depois, nunca mais,
À noite, sai pelas ruas,
E hoje sou o que sou,
Mas eu nunca pedi,
Que me desses dinheiro ou guarida,
Um carinho de ti me bastava,
Era o sopro da vida.

Depois que fechaste a porta,
Sinto que a alma está morta,
Morta pra vida está,
Uma mulher ao Deus dará !

Las canciones más vistas de

Elizeth Cardoso en Septiembre