Amor de Outono

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

A nossa infância é a primavera da vida
Onde aparecem os botões de fina essência
A mocidade é o verão onde colhemos
Frutos do amor nos campos verdes da existencia
Vem o outono, e as primeiras folhas mortas
Caem com a brisa no crepúsculo da tarde
Chega o inverno, cai a neve nos cabelos
E só nos resta do que fomos – a saudade

Amor de outono é aquele que aparece
Em nossa vida na idade mais madura
Fio de esperança que nos resta do passado
Último raio de luar na noite escura

Em meu outono já sentindo o frio do inverno
Eu necessito o seu verão cheio de vida
Prá me aquecer da estação fria que chega
E amparar a minha queda na descida
Mesmo eu não tendo o seu calor da juventude
Junte-se a mim pra não ficarmos no abandono
Pois quando em mim chegar a neve do inverno
Você estará chegando às portas do outono

Las canciones más vistas de

José Fortuna en Julio