Âncora da Alma

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Da esperança da salvação se diz
Que ela é como uma âncora firme
E segura da alma,
Porque entra até o interior do véu,
Do santo dos santos celestial,
Onde jesus penetrou como precursor.

A esperança proposta
Referida pelo autor de hebreus
Nada tem a ver
Com a noção comum de esperança
Que está relacionada a algo duvidoso,
Incerto e que flutua na expectativa
Do que será ou não o futuro,
Pois a esperança referida na bíblia
Tem a ver com confiança e segurança
E não com incerteza.

A palavra grega elpidós,
É a palavra usada
Para designar esperança
Nos textos bíblicos.

E esta palavra esperança
É uma das graças da fé evangélica,
Que é infundida em nossos corações
Pelo espírito santo,
E esta graça é tanto maior
Quanto mais crescemos na perseverança
E na experiência da bondade de deus
Para conosco em cristo jesus.

É dito que esta esperança
É âncora da alma
Porque isto insinua que nossas almas
Estarão muitas vezes expostas
Às tempestades, e tensão de perigos espirituais, perseguições, aflições, tentações,
Temores, pecados e morte,
Que batem freqüentemente nelas,
E então necessitamos de uma âncora
Que nos mantenha firmes
Em nossa posição
A par de todas estas tempestades
Que possam nos sobrevir.

Por causa da violência
Destas tempestades
Há graus nelas
Que são mais urgentes
Do que outros,
E assim elas tendem
Na sua própria natureza
A trazer ruína e destruição.

E é esta âncora o segredo
Da segurança
Das almas dos crentes.

E se é esta âncora
Que nos segura firmemente,
E se esta âncora
Não somos propriamente nós,
Mas a graça da esperança
Que temos no senhor,
Então devemos abandonar
Por completo
A idéia de que somos
Os próprios agentes da firmeza
E segurança da nossa salvação,
Porque a promessa de deus
Que se cumpre somente
Em cristo jesus.

Esta âncora não está
No fundo do mar,
Mas no céu,
Onde jesus penetrou
Como precursor.
Ela penetrou além do véu.


E além deste véu
Não há uma arca
Com tábuas de pedra,
Nem querubins entalhados
Em madeira e ouro,
Mas o próprio deus
Em seu trono de graça
E o senhor jesus cristo
À sua destra em seu trono,
Como sumo sacerdote da igreja.

É aqui que reside a segurança
Da esperança da alma
Que é firme em todas as tempestades
De aflições
Que estão destinadas
A provar para nós
A firmeza e perenidade
Da nossa fé.

Las canciones más vistas de

O Evangelho da Cruz en Septiembre