Cheiro de terra molhada

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu quero a dona Genita,
Eu quero a Lenita e a tia Zizinha,
Eu quero as tardes de chuva
Pra gente ir pro quarto brincar de casinha.
Eu quero a dona Lurdes,
Eu quero o Paulo e a Vera
Eu quero o Tom e o Gui,
Eu quero as noites geladas
E as manhãs de geada,
Eu quero o bem-te-vi
Que eu nunca mais ouvi.

Eu quero o quiosque,
Eu quero ir pro bosque
da fonte, Renato,
Eu quero a flor da pereira
Eu quero o sumo da pera
E das amoras do mato.
Quero as hortências e as dálias,
Os copos de leite, a violeta, o jasmim
Eu quero o lírio-amarelo
E a cerca de rosas do nosso jardim.

Eu quero o sol banhando o pinheiral
E o nosso caquizeiro no quintal,
As nossas caminhadas
Na estradinha do convento.
Hoje a lembrança caminha
Pela estradinha do tempo...

Eu tenho uma fogueira no meu coração
Ardendo a noite inteira, assando pinhão,
Eu tenho um céu coalhado
De estrelas na memória
Eu tenho um luar banhando a nossa história,
O telhado, o terraço, o porão...

Eu tenho uma saudade danada
Ai! Quem me dera medo de boiada
Ai! Quem me dera tudo como era
Ai! Quem me dera um cheiro de terra molhada.


Autor(es): Maciel Melo

Las canciones más vistas de

Maciel Melo en Diciembre