A Sorte É Cega

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Meu amor quando eu te vejo
Fico a suspirar
Porque é que tu não vê
Que eu vivo a te esperar

Passarinho na gaiola
Vive sempre a cantar
Passa fome passa sede
Sem pedir , sem reclamar

Mais existe uma diferença
Passarinho eu não sou
Minha fome, minha sede e teu carinho é teu amor/ meu amor quando eu vejo...

Dizem que a sorte é cega
Só agora acreditei...
Porque tu diz que me ama
Meu amor, isso eu não sei

Se ao menos eu pudesse
Alimentar esta iluão
Que ficou dentro de mim
Me machucando o coração


Autor(es): Luiz Guimarães

Canciones más vistas de

Pimenta do Reino en Febrero