As forças de Olorum

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Êa oké mogum
ê a ê alajó
Êa êa êa êa
Eró eró eró eró eró

Êa oké mogum êa
Êa ê alajó
Afreketê foi verdadeiro
Fundador do reino de Oyó

Senhores seriam Deus dos negros
Mas havia Deus onipotente
Que lutava pelos negros
E previa o futuro da gente
Desde o princípio do mundo
Que os homens muitas coisas criaram
E para a plantação do progresso
Escravizaram esse negro nagô
E o império do mundo
Se excediam em todos os países

O negro é nativo é guerreiro
Padecera coisas que Zambi não quis
Eu trago a força das negras raízes
O grito do escravo acorrentado
O seu passado negro não envolve
O presente
E o Afreketê é filho dos de Deus abençoado

Pom tcha
Pom tcha
Tcha Pom
Ê ahê ahê Afreketê

É significante Zambi
As forças de Olorum

Olowo rei de Egbá
Onisavé rei de Savé
Oragun reinou em Ilá
Oni soberano de Ifé
Agerô rei de Agerô
Alakêto reinou em Kêto
Xangô de Xangô de Caôôô
Oranian Kabiesilé

Pom tcha
Pom tcha
Tcha Pom
Ê ahê ahê Afreketê


Autor(es): Bira / Gibi / Itamar Tropicália / Valmir Brito

Canciones más vistas de

Reflexu's en Abril