Astuto e Eficiente

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Desconfio que seja um poeta
Do passado de uma geração
E apesar de anos de estrada
Eu não canto e nem toco nada
Só escrevo por inspiração...
Vou criar o que o povo admira
Pra exaltar a vida do caipira
E as coisas lindas do sertão.

Eu preciso de uma viola
De um violão pra acompanhar
De parceiros que tenham pegada
De uma dupla bem afinada
Com coragem de emparceirar...
Pra lançar sementes ao vento
E buscar através do talento
Um atalho pra gente gravar.

Admiro a vida do caboclo
Que labuta pra ganhar o pão
Ele é mais um herói que brilha
E pra sustentar sua família
Corta terra e bota o pé no chão...
É astuto e bastante eficiente
Sempre cuida do meio-ambiente
E das coisas lindas do sertão.

Seu adubo é todo natural
Que prepara para plantação
Se passar um tempão sem chover
Ele não deixa nada morrer
Puxa água lá do ribeirão...
Na cidade só vai de cruzada
Seu recanto não troca por nada
Nem as coisas lindas do sertão.


Autor(es): VANOCI MARQUES

Canciones más vistas de