Hasta Cuando

A Trajetória Explicita o Ser

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Inexplicável, mas o óbvio permanecer inerte
enquanto o ciclo se renova, diante da estrutura que atribuimos vida
Ainda a essência que nos faz "esse" (ser)
Constante procura pelo bem que se foi subjetivo

(com méritos de reconhecimento dos atores e construtores)

Caridade que não transforma, mas estagna
As portas estão abertas, mesmo assim teme-se a liberdade

(A incondicionalidade de amar cria justificativas
para a localização do pensamento, que não as amenizam)

Opressão fulminante
As pernas sentem o peso
Os gritos são fagulhas
que acendem o ódio produzido

E transcender a utópica justiça

os pulsos amargam
em busca do saciar da
sede por uma conquista

e os sentimentos, os sofrimentos se acomodam
Caridade que não transforma, mas estagna
As portas estão abertas, mesmo assim teme-se a liberdade

Opressão fulminante
As pernas sentem o peso
Os gritos são fagulhas
que acendem o ódio produzido


Autor(es): Walisson Fernandes