Baile De Galpão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

A lua clareia num terreiro bem batido
Já escuto um zunido da cordeona no rincão
A peonada despacito campo a fora
Contando nos dedo as horas pra bailanta de galpão

Cheguei no baile já bombiei por uma fresta
Tava linda aquela festa tinha uns poucos par na sala
Paguei ingresso e já me deram um empurrão
Caí dentro do salão e não me esqueço nem por nada

Nesses fandangos se dança bem animado
Só não olha pro lado pra evitar a confusão
Lindas morenas encanto da natureza
Contemplanto a sua beleza
Na bailanta de galpão

E o gaiteiro o famoso Amaranto
Tocava a gaita num canto fazendo ela roncar
Desajeitado e um pouco desafinado
Com a cara de coitado dava pena de se olhar

Dali a pouco lhe trouxeram um pedido
De um bugio bem conhecido e famoso no lugar
Mas seu gaiteiro vê se deixa de tolice
E me toque a Doralícia que esse povo quer dançar

Canciones más vistas de

Adriano Tarouco en Octubre