Marcos Ferreira

Batalha Das Lágrimas

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Homem forte desenhando traçado
Sorriso de quem vai vencer
Traça o plano e o futuro daqueles que devem lutar
Transportamo-nos para tão longe
Vemos homens dominados
Traçando seus destinos
Em cada passo a morte a espreitar
E a esperança de um dia retornar

Poderosos homens sorriem sentados em confortáveis poltronas
Contando histórias todas sem objetivos
A realidade é outra
Em cada trincheira há combatentes chorando saudades
Gritando seus desejos e temores
Enquanto dormem em cama de pedra
Sob as estrelas

Inocentes lutam contra inocentes
Contra aqueles que nada lhe fizeram
São os porcos esquecidos pela vida
Eles ainda sabem o que é o amor
Pois ainda possuem recordações

Os líderes conduzem o sofrimento desses homens
Conduzem seus destinos e sentimentos
E tantos tentam mostrá-los que estão escolhendo
O caminho errado
Mas não adianta...suas mentes são muito amplas
Para fazerem tratados de guerra
Mas tão curtas para enxergarem a paz

Quando, um dia, tudo terminar
E do alto de uma montanha fincada ao céu
Tremular a vitoriosa bandeira
Esta estará manchada pela honra dos derrotados
Os mutilados que retornam
Banhados em suas próprias trevas
E chorando por aqueles que infelizmente ficaram

Esta bandeira estará manchada de sangue


Autor(es): Marcos A. F. Cardoso

Canciones más vistas de