Batendo Tramela

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu anda vazio de ideia batendo tramela
Meio aluado, meio abombado
Metido a ovo de pelincho, cheio da pinta
Chateado com a vida, um amolado
Andava por aí, nas "bolichada"
"Llegando", "loco" de brabo

Eu andava botando cabresto na língua de um papagaio
Tasqueiro, um cola fina
Metido a barba de pelego, maturrengo
Cheio de dedo e pantomina
Que andava por aí, braços abertos
Como pra juntar gagina

"Tamo agarrado"! Nós "temo" flor e truco
Um cusco manso guaipeca
Um pingo na cancha reta
Pata braba e partidor

"Tamo agarrado"! Nós "semo" quebra freio
Do tipo venta rasgada
"Sampando" suerte e clavada
Em tasca e corredor

Eu andava no grito, no bico da chicolateira
Refugando em mangueira embarrada
Metido a nego-véio ginete, no lombo de "bamo em frente" Levando tombo e planchada
Andava por aí, nas "gauchada"
Lidando com os "boca-atada"

Eu andava ao tranco choco, peleando
Chutando toco, com água a meia costela
Metido a pachola, cheio de si, aqui e ali
Abrindo os "tarro" em tapera
Andava por aí, enchendo os "tubo"
Gastando freio e barbela


Autor(es): MAURO MORAES

Canciones más vistas de

Mauro Moraes en Febrero