Bibelô

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Sem notar, fui abrindo a guarda
E sem olhar, decorei as falas
E fui cedendo aos seus caprichos
E quase me tornei seu bibelô
Correndo à beira de um abismo
Tentando não ouvir a minha dor
Que me enfraqueceu, me paralisou,
Me fez duvidar do que sou

Não tente me dizer o que pensar
Não tente me deter nem castigar
Eu não fui formatada pra agradar
Cansei do seu mundinho raso
Não quero mais o seu descaso
Não queira conhecer meu lado mau

Sem notar, alimentei a farsa
Sem falar, revelei as cartas
E fui cedendo aos seus caprichos
E quase me tornei seu bibelô
Correndo à beira de um abismo
Tentando não ouvir a minha dor
Que me enfraqueceu, me paralisou,
Me fez duvidar do que sou

Não tente me dizer o que pensar
Não tente me deter nem castigar
Eu não fui formatada pra agradar
Cansei do seu mundinho raso
Não quero mais o seu descaso
Não queira conhecer meu lado mau

Eu não fui formatada pra agradar
Eu não fui formatada pra te agradar


Autor(es): Renato Pagliacci / Sabrina Sanm