A Barca do Sol

Brilho Da Noite

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Eu andava só por essa estrada,
Com o grito preso na garganta,
Com os olhos rasos na navalha,
Sinto caçar-me como um bicho no fundo dessa sala,
No fundo desse mundo!

Com os olhos rasos na navalha,
Com um arrepio no cabelo,
Com o aço preso na cintura,
Como um pássaro noturno, voando péla escada,
Roendo o som - é o galo!

Ouço os clarins da noite negra,
Acho e capturo o mal da noite,
Paro e me disperso do futuro,
Fico rodando nessa estrada, com o grito na garganta,
Os olhos na navalha!

O aço brilha no escuro!(3X)
Aaaahhh!

Canciones más vistas de

A Barca do Sol en Octubre