Marcos Ferreira

Borboleta

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu vi uma borboleta voando
Tão doce e inocente lá no alto do céu
Descendo em direção à essência perfumada das flores
E perdendo-se através de suas cores

Tão linda! Tão bela! Em sua cor amarela
Desenhando o jardim perfumado
Como uma pintura singela
Que só quem ama pode entender

Meus olhos brilhavam com tudo aquilo
E minha mente voava, voava e meu corpo lembrava, lembrava
Olhei para meus braços e não enxerguei minhas asas
Se minha mente podia, meu corpo apenas sonhava

E de longe, a borboleta dançava, dançava e apenas dançava
A canção que ela cantav
Cantava e cantava, e somente ela cantava
Eu apenas ouvia, ouvia e apenas ouvia

Mas sabia que não podia
Podia, podia e assim eu pude
Sonhar.. Sonhar.. Sonhar... Assim eu pude voar
Voar... Voar... Assim eu pude sonhar


Autor(es): Marcos A.F. Cardoso

Canciones más vistas de