Brasis Ameríndios

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

América, América
Ibyrapytanga, Araboutan
Brasis América

Eles já foram centenas de milhões
No continente, aguerridos
A lutar contra os grilhões
Mas logo serão esquecidos
Arcos e flechas não veremos mais
Só tapiris queimando entre os vegetais

Ferido em princípios tribais
O valente cacique pede paz

Esses Brasis Ameríndios á, á, á
Filhos da América

Civilizados ou não
Pra que genocídio à prestação
Se no contexto amazônico
Nós somos todos irmãos

Índio mutante
Nômade errante
Sem pátria, sem chão
Hábeis navegadores
Verdadeiros descobridores
Donos deste torrão
Quando te vejo à mercê da sorte
Caminhando sem direção
Altivos! Erguei vossas cabeças!
Tupinambá! Forte e valente!

América, América
Ibyrapytanga, Araboutan
Brasis América

Eles já foram centenas de milhões
No continente, aguerridos
A lutar contra os grilhões
Mas logo serão esquecidos
Arcos e flechas não veremos mais
Só tapiris queimando entre os vegetais

Ferido em princípios tribais
O valente cacique pede paz

Esses Brasis Ameríndios á, á, á
Filhos da América

Civilizados ou não
Pra que genocídio à prestação
Se no contexto amazônico
Nós somos todos irmãos

Somos hermanos da América
Hermanos da América

Las canciones más vistas de