Diego Parma

Brazil!

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vivemos num país de uma anarquia oculta
Toda nossa riqueza está nos bolsos de estrangeiros
isso é um país?! Muitos ladrões são brasileiros
Roubam tudo dos que têm, e os que não têm morrem de fome
Tudo o que é de bom está escondido nos olhares
Tudo o que é ruim, dissolvido pelos ares
Em Brasília, o vandalismo; no restante, a confusão,
Os "diretores" sem escrúpulos, um país sem união

E quando tudo isso terminar, não estarei para presenciar, não estarei para vibrar.
E quando tudo isso terminar..., você acredita em milagres? Então comece a rezar.

Que país rouba seu povo, ou o cacique a sua tribo?!
Onde a nuvem esquece o céu, ou o sensato, o seu amigo?!
Onde a poeira deixa a terra, ou a água o oceano?!
Onde uma arma deixa a guerra, ou a maldade o ser humano?!

Brasil, o país desses absurdos. Brasil, ao povo, o "rei" tornou-se surdo.
Brasil, o país desses impossíveis. Brasil, seu sofrer e dor são imbatíveis.

Em Brasília, o vandalismo; no restante, a confusão
Os "diretores" sem escrúpulos, um país sem união.
Em Brasília, o vandalismo; no restante, a confusão
Um país rico e miserável, não seja trouxa, meu irmão.

E quando tudo isso terminar, não estarei para presenciar, não estarei para vibrar.
E quando tudo isso terminar..., você acredita em milagres? Então comece a rezar.

Brasil, o país desses absurdos. Brasil, ao povo, o "rei" tornou-se surdo.
Brasil, o país desses impossíveis. Brasil, seu sofrer e dor são imbatíveis.
Brasil!


Autor(es): Diego Parma

Canciones más vistas de

Diego Parma en Julio