Cama Desarrumada

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Você não pôde esconder a culpa
Temendo logo minha chegada
Depois do ato de traição
Deixou a cama desarrumada
Entrei em casa, percebi logo
Que eu havia sido traído
E que um outro na minha ausência
Em minha cama tinha dormido

Meu confidente, criado-mudo
Sabe de tudo e não diz nada
Vi minha honra jogada à lama
Só pela cama desarrumada

Os cobertores jogados ao chão
Meu travasseiro ainda quente
E no seu rosto sinal de culpa
Pelo seu modo, tão diferente
Pra confirmar sua traição
Nem foi preciso lhe dizer nada
Tua resposta ficou bem clara
Naquela cama desarrumada

Las canciones más vistas de

José Fortuna en Octubre