Brinquedo de Armar

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu ando tão nervoso
Não consigo relaxar
Meu corpo cavernoso
É incapaz de inchar

Estou tão estressado
Vivo tão impaciente
O sangue bombeado
É insuficiente

'tô cheio de problema
Lá no escritório
E isso inclui o meu sistema
Vascular reprodutório

Eu ando uma pilha
Lá no meu serviço
Desculpe, minha filha
De vez em quando enguiço

(*) Vou começar a chorar
Você não pára de rir
O meu brinquedo é de armar
O seu brinquedo é de abrir

Mas você foi bacana
Supergracinha, legal
Podia ser sacana
Podia cair de pau

Em vez de ter zangado
Você compreendeu
O menor abandonado
Que ainda não cresceu, ah!

(*)

Fiquei emocionado
Você até chorou
Virou para o outro lado
E me confessou:

(É a minha primeira vez
Nunca tinha acontecido
Com os outros cento e seis
Que tinham me comido!)

Eu não consigo gozar
Você se esporra de rir
O meu brinquedo é de armar
(O meu brinquedo é de abrir)

-Agora, só os homens cantando comigo, vamo' lá!

O meu brinquedo é de armar!

-E as mulheres?

(O meu brinquedo é de abrir)

-Gente, não tem homem nesse disco aqui não? Os homens

O meu brinquedo é de armar!

-E as fêmeas

(O meu brinquedo é de abrir)

-Beleza, última vez agora é pra desempatar

O meu brinquedo é de armar!

-E a mulherada?

(O meu brinquedo é de abrir)

(*)Refrão

Canciones más vistas de