Cadeira de Balanço

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Os detalhes dessa vida
Me conformam por prazer
Alegria de quem lembra
E já pensa em esquecer
Meu destino é resumido,
Acabou-se a matinê
Dos desejos tão dourados,
Descobertas a fazer
São segredos bem guardados,
São lembranças sem porquê

Já não sei se tenho tempo
Ou é tempo de chorar
Já nem sei se a eternidade
Vai querer me consolar,
Já nem sei, já nem sei, já nem sei

Meus cabelos já acusam
Me confessam a chorar
Que a beleza e a ternura
Me escapam devagar
Na cadeira de balanço
Eu estou a esperar
Esse resto de orgulho
Uns segundos a sobrar
Eu procuro e vasculho
Que lembranças vou guardar

Já nem sei se tenho tempo
Ou é tempo de chorar
Já nem sei se eternidade
Vai querer me consolar,
Já nem sei, já nem sei, já nem sei.


Autor(es): Tom Drummond

Las canciones más vistas de

Tom Drummond en Octubre