Castelos e dragões

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Fostes, divina princesa, de rara beleza, a implorar por mim.
Naquela noite tão clara, Lua, madrugada, a implorar por mim.
Canta, dança menina, como bailarina, perfeita assim.
Estranho, mas logo que entrei, eu nem pensei, encarei o dragão.

Lutei, e como lutei...
Lutei, e como lutei, e no fim venci, escapei do malvado.
Voa, voa daqui...
Voa, voa daqui, longe de mim, esse estranho, calado.


Subo, ao teu encontro, e no topo eu encontro, a minha amada.
Dança, canta pra mim...
Dança, canta pra mim, declama assim, qualquer verso e mais nada.


Autor(es): Ricardo Falkenbach

Las canciones más vistas de