Café No Bule

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Cantei de Foz a Paranaguá de Curitiba até Maringá, parei em Londrina
Cantei na festa de peão de lá, alô meu povo do Paraná que coisa linda
Entrei em São Paulo pra cantar em Prudente me apaixonei por aquela gente
Quanto carinho
Que região gostosa hospitaleira Assis, Marília não é brincadeira
Me encantei de Piraju à Ourinhos
Tem viola com certeza, toda festa de peão tem mulher e cerveja
Cada Estado tem seu jeito, tem que ter café no bule e paixão no peito

De São Caetano a Ribeirão Preto de Araçatuba até Barretos paixão já é
Em Rio Preto, em Americana, Araraquara, Votuporanga e Santa Fé
Paranaíba do outro lado, Aparecida do Tabuado cantou com a gente
De Campo Grande à Cuiabá, de Três Lagoas à Corumbá, alô amigos Mato-grossenses
Tem viola com certeza
Do Rio Grande à Santa Catarina, cantei do norte ao sul de Minas, fui pra Uberaba
Em Uberlândia, Araguari, Tupaciguara já cantei ali Ituiutaba
Do Tocantins eu vim pra Goiás, Intubiara foi bom demais Rio Verde, Catalão
Cantei em Brasília nossa Capital, toda viagem tem o seu final, alô Goiânia do meu coração

Las canciones más vistas de