Caixa de Vidro

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Como um boneco preso dentro desta caixa de vidro
Sendo exibido
Com muito esquivo
Corro perigo
As minhas lágrimas sangrentas
Tem inundado
O sol não bate, somente aquece
E encaixotado, estou impolido

Sufocado em sentimelodramas em terras não planas
Preciso respirar
Sei, nenhuma minha sonoridade
Brado e alarme
Poderá quebrar esta caixa de vidro

Eu já tentei várias vezes espatifá-la
Mas tenho medo de machucar-me com cacos dela
Sei que há gente presa a outros tipos de caixa
São de madeira, de papelão, de brincadeira
São de besteira
Mas esta caixa é verdadeira

Sufocado em sentimelodramas em terras não planas
Preciso respirar
Sei, nenhuma minha sonoridade
Brado e alarme
Poderá quebrar esta caixa de vidro

Talvez eu tenha que rompê-la
Ferir-me pra não tê-la
Mais a me asfixiar
Em vez de acostumar-me a ela
Vou ser o humano que era
Vou me movimentar

Sufocado em sentimelodramas em terras não planas
Preciso respirar
Sei, nenhuma minha sonoridade
Brado e alarme
Poderá quebrar esta caixa de vidro


Autor(es): Marcos Yury Deeper

Las canciones más vistas de