Calorão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vaneirão

Nesses andanças que eu faço pelo pago
Lembranças trago dos fandango de galpão
Amadrinhado de guitarra de bateria
Trago alegria nesse gaita de botão
O baile esquenta o povo dança a noite inteira
Mexe as cadeiras no sambado vaneirão
O nheco-nheco eu canto dessa maneira
Nem que não queira vai me dando um calorão.

Que calorão, que calorão,
Tá me esquentando e tá me dando um calorão

Foi lá na festa de pinhão recentemente
Platéia quente já me tapei de emoção
Ouvi um gaitaço do Porca Veia tocando
Fui descolando uma pipoca com quentão.
Umas gurias me agarraram lá num canto
Eu não sou santo, mas eu rezo de montão
Quando dei conta tava enrolado no pala
Cai na farra e foi me dando um calorão.

Ano passado num fandango na Bahia
Quanta alegria nessa festa de São João
Fui ver de perto o que é que a baiana tinha
E uma pretinha me pediu um forronerão.
No vatapá caruru, pinga da buena
Viro ventena com pimenta e pimentão
Rodei a saia de uma baiana ligeira
E a brincadeira foi me dando um calorão.

Palco florido cheio de luz estrambólica
Me dá uma cólica quando acende o lampião
"Spot laser" "raio laser", fumaceira
Que trabalheira pra me dar essa clarão.
No lusco-fusco, pisca-pisca dos candeeiro
Nesse entreveiro e nessa baita serração
Peço licença, ma eu vou tirar as bombachas
O que tu acha, tá me dando um calorão.


Autor(es): Gaúcho Da Fronteira / Jaime Ribeiro

Las canciones más vistas de