Cama Verde

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu só queria pousar meus olhos na cama verde do meu sertão
Fazer das matas meu travesseiro; da lua cheia, meu lampião;
Do céu azul, meu cobertor; da brisa mansa, minha rede;
Sobre a folhagem da natureza, adormecer numa cama verde.

A cama verde é o meu sertão, sertão que cheira cheiro de chão
A cama verde é o meu sertão, sertão que cheira cheiro de chão

Eu só queria deitar meu sonho na mão da noite me entregar
Dormir na sombra de seus rochedos e no seu colo me espreguiçar
Manhã mulher, tão desejada, vem depressa me buscar
Risonha aurora manda de longe a estrela d’alva me despertar

Eu só queria pedir ao vento, os meus cabelos acariciar
E os longos braços de seus caminhos, todo meu corpo entrelaçar
Fazer de estrelas um acolchoado, e de flores meu lençol
Na cama verde ser visitado, pelos primeiros raios de sol.

A cama verde é o meu sertão, sertão que cheira cheiro de chão
A cama verde é o meu sertão, sertão que cheira cheiro de chão.

Las canciones más vistas de

José Fortuna en Octubre