Céu da aldeia

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

o céu da aldeia a nos cobrir
todas as estrelas, tudo lá
ando sossegado ao som
nos braços desta música
dança a prancha ao sabor das ondas, sim
a onda é surfar
a onda é so far, so far, bem longe
que nenhum problema...
pura beleza

sem tempo, sem pressa,sem temor
velejo a vida passar
passear a pé,"Adé Até"
até a aldeia, sim
onde a moçada sempre solta, leve
e sempre sossegada
pura beleza


Autor(es): Sergio Cassiano

Las canciones más vistas de

Adão Negro en Octubre