Céu de Setembro

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Quanta poeira vermelha dos olhos tirei
Quantas lembranças no peito de alguém que eu amei
Sonhos e desilusões do amor que eu perdi
Dizem que saudade mata mas eu não morri

No céu de setembro
Escrevi minha vida nos olhos teus
Conheci a paixão que me envolveu
Me seduziu, me enlouqueceu

No céu de setembro
Esse amor fez de mim uma cicatriz
Conheci a maneira de ser feliz
Foi tudo que eu sempre quis

Quis o cruel destino levar embora
A primavera e jogar fora
Aquele sonho de amor perfeito
Quis o cruel destino que eu chorasse
Que eu pedisse, que eu implorasse
Pra te ouvir dizer, não tem mais jeito

Las canciones más vistas de

Rick e Renner en Octubre