Caminho da Estrada

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Ando sempre por aí,
Muito alto sem cair
Quase nunca podendo dormi
O sangue corre nas veias,
Na velocidade
Da gasolina no motor
Cada lugar que passo
Nada é sempre igual
Gosto sem poder ficar,
Parto sem querer voltar
Saio pra nunca mais encontrar
É so cair na estrada
Que volto pra dentro de mim
O caminho que eu percorro,
Parece que nunca chega ao fim
Acordo bem cedo,
Deixo dormindo no leito
Um corpo, um rosto qualquer
Eu parto sem nenhum adeus,
Sem saudade e sem destino
Deixando a grana no bidê
Encaro meus olhos,
No retrovisor
Sem pensar no que vem depois
E quando olho pra frente,
Avisto o passado
Piso fundo no acelerador
É so cair na estrada
Que volto pra dentro de mim
O caminho que eu percorro,
Parece que nunca chega ao fim
Em algum lugar desta vida
Botei tudo a perder
Com saudade mal resolvida
Ficou pra sempre você
É so cair na estrada
Que volto pra dentro de mim
O caminho que eu percorro,
Parece que nunca chega ao fim
Parece que nunca chega ao fim
Parece que nunca...


Autor(es): J Vasconcelos / K Jim

Las canciones más vistas de

Garotos da Rua en Octubre