Caminhos do Sertão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Foi numa pétala
Arrancada de uma flor
Que escrevi
Os versos do meu coração
Olhando pra caligrafia que ficou
Lembrei do tempo
Que passei no meu sertão
E na lembrança
Dos caminhos que vivi
Passei batido
Naufraguei na ilusão
Foi relembrando
O meu passado que eu senti
O tempo todo
Que eu não via uma razão
Toda a minha vida
Todos só caminhos
Não queriam dar em nada
E hoje trago dentro do meu peito
Toda essa vontade de cantar
Eu não sei porque
Nem porque será
Desde o tempo de menino
Luto pra viver
Vivo pra lutar
Vou seguindo o meu destino

E comecei a cantar xote
E a rodar pelo país
Acompanhado do meu fole
Foi tudo o que eu sempre quis
E hoje canto o meu nordeste
E vivo levantando pó
Fale quem quiser
Eu não fico só
Tô com meu forró


Autor(es): Itanildo Show

Las canciones más vistas de

Flávio José en Octubre