Camisa Verde e Branco - Samba-Enredo 1989

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

[Enredo: Quem Gasta Tudo Num Dia, No Outro Assovia]

Estou em festa, ôôô, emoção
O povo me espera estou chegando
Pode coçar a mão
Sou eu quem te faz sorrir
Sou eu quem te faz chorar
Tente me ganhar no jogo (tenha sorte)
Pois trabalhando não dá

Minha história vou contar, você vai rir, gargalhar
No início fui barganha, virei grana
O índio o primeiro a dançar
Vieram as transformações, Patações, Réis e Tostões
Ai todo mundo gastou, sem lastro, sem reserva
A banca estourou

D. João meteu a mão
Sobrou para D. Pedro a primeira inflação

De lá pra cá fui chamado, de cruzeiro e cruzado
Quero uma solução, estou fraco desacreditado
Eis que desponta na avenida
Um trevo que irradia ondas verdes pelo ar
Vem juntar samba com dólar
Em Sandolar me transformar

Maravilha, a velha guarda comandando a nação s/
inflação
Baianas, Primeiras-Damas, mulatas exportação
Quando o gringo aqui chegar em Sandolar vai gastar
Extasiado com a riqueza dessa terra, aqui vai querer
ficar

Camisa Verde encanta, e traz filosofia
Quem gasta tudo hoje
Noutro dia assovia

Las canciones más vistas de

Samba-enredo en Octubre