Campos Neutros

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Quando morre o dia
Penso nos meus irmãos da África
Vivendo o dia a dia
Passando pela agunia de passar
Fome, cede, não tem educação
Morre, cedo, não tem forças irmão

Eles na pele trazem a noite
Na boca brilha o luar
Trazem a força e a magia
Presente nos orixás
Trazem a música no sangue
E o batuque no seu coração
Do sofrimento faz arte
Alegria de uma multidão
Ignorância e preconceito
Não entendem que eles são feitos de música

Quando vem a noite
Sinto o frio que dói no coração
A mãe não consegue dormir
Vendo o seu filho deitado ao chão
Fome, cede, não tem educação
Morre, cedo, não tem forças irmão

Eles na pele trazem a noite
Na boca brilha o luar
Trazem a força e a magia
Presente nos orixás
Trazem a música no sangue
E o batuque no seu coração
Do sofrimento faz arte
Alegria de uma multidão
Ignorância e preconceito
Não entendem que eles são feitos de música


Autor(es): Osny Melo

Las canciones más vistas de

Akino Arai en Octubre