Canção Para Todos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Creio.
Sou um crente do que vejo
Do não ter e do desejo
De não crer no que não há.

Creio.
Sou um crente do que quero
Para os outros e só espero
Vê-los ter o que haverá.

Espero que o homem e a mulher
Crendo em tudo o que se quer
Creiam em tudo o que queriam.

Espero que ao contrário do que digam
Nem sequer se contradigam
Este querer com outro crer.

Creio.
Sou um crente no futuro
Requerente do seguro
Aos humanos por criar.

Creio.
Que a verdade só nos foge
Se a esquecermos ainda hoje:
- crer é querer acreditar.

Digo na palavra silenciosa
Os espinhos duma rosa
Na memória de nós-cristo.

Sigo,
Pela via da alegria
Que se queria onde se cria
- logo sou, mas já existo.


Autor(es): Fernando Tordo

Las canciones más vistas de

Fernando Tordo en Octubre