Cantiga do Amor Maior

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Pego a guitarra de cordas de aço
Pra musicar a minha poesia
Tem inspirado nesta hora faço
Mateando rimas ao clarear do dia
E guitarreando na manhã guria
Que hoje componho para minha amada
Ela pediu-me que eu falasse um dia
De um grande amor que não mudou em nada

(Refrão)
De um amor que madrugou na estrada
Sem ter receios de enfrentar lonjuras
De um amor que ao longo da jornada
Tornou felizes duas criaturas
De um amor daqueles que plasmamos
Amadrinhando um sonho de criança
De um amor daqueles que plantamos
Para futura colheita das lembranças

Querem saber afinal que amor é esse
Que fez crescer-se em minha inspiração?
É o nosso intenso amor que igual não vê-se
Que é rico e fez-se de dedicação
É o nosso amor que guitarreando o canto
E que garanto a de ser eterno
Tem o aconchego das noites de inverno
E todo o encanto do céu de verão

(Repete o Refrão)


Autor(es): José Antônio Macedo / Wilson Paim

Las canciones más vistas de

Wilson Paim en Octubre