Chose

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Se em cada passo tem um tropeço
Meu passado pelo avesso
Cada tempo seu invento
Cada passo seu intento
Eu faço desse pasto, o meu próprio alimento

De que adianta os meus olhos
Enxergando o que eu não agüento
De que adianta mais uma dose
Qualquer coisa pro meu alento
Eu faço de qualquer parte, minha arte, meu momento

Se piso em falso, escondo o jogo
Se troco as bolas, invento outro
Se pago o pato, eu peço o troco
Se pagam pouco, eu complemento
Se é foda começar de novo, pelo menos eu tento


Autor(es): Estrela Ruiz Leminski / Teo Ruiz

Las canciones más vistas de