Chote e Recado

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Sabor de mate, brilho de estrela
Leva um recado de um cantador
Que por humilde "bajo la luna"
Compôs um chote para uma flor.

Tenho um rosilho, bem tosado e já leviano,
Que amansei faz mais de ano
Pros caprichos da paixão
E uma cordeona, oito-soco de fronteira.
Que floreio da maneira de agradar teu coração.

Sabor de mate...

Cantar da noite, água de sanga
Falta escramuçar a cavalhada
Daqui a uns três dias me sobra uns pila,
Encilho a alma e tô na estrada.

Levo a cabresto uma pintura de mouro,
Um presente de namoro, tranco bueno pro selim.
E de retorno, chimarrita do banhado,
Quero um sorriso estampado nesse rosto de jardim.

Sabor de mate...


Autor(es): Lisandro Amaral

Las canciones más vistas de

Lisandro Amaral en Octubre