Canudos - Samba-Enredo 2014

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

A verde e branco
Pede passagem para homenagear
O mago da folia
Artista sem igual
Danilo Santos, nosso carnaval

Hoje, tão colorida
A mais querida vem exaltar
Na avenida, com emoção
Danilo Santos o orgulho desse pavilhão
O lixo virava luxo
O glamour em cada nova criação
Bordados, pedrarias, um brilho multicor
Enredos bem escritos sempre com com amor
O mago do Alegrete, fez isso e muito mais
Canudos não te esquecerá jamais

Nesse balanço eu vou daqui pra lá
No verde mar azul do samba
No circo alegria geral
Negritude africana, Salamanca do Jarau

O povo te aplaude de pé
Recordando teus enredos nota dez
Copa do mundo, Brasil tropical
A pequena notável que se fez imortal
Atravessou fronteiras, rompeu barreiras
E aos hermanos encantou
E por fala em saudade
Que felicidade lembrar seu valor
O carnaval só tem a agradecer
O cara sempre foi você


Autor(es): Anderson Sandico / Tom Astral / Viny Machado

Las canciones más vistas de

Samba-enredo en Octubre