Chuva de Sombrinhas

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

A terra vai tremer quando o Galo passar
Fazendo estremecer o chão da praça
Não vai sobrar pedra sobre pedra
Quando a orquestra tocar
Chamando toda a nação do meu Brasil pra ver

Que é só aqui que tem,
Que é só aqui que há
Almir, Marrom, André, Antônio Nóbrega
Que é só aqui que tem,
Que é só aqui que há
Rios de passos, chuvas de sombrinhas

O côco de Selma, a ciranda de Lia
O passo da Ema, a Cobra passar
O frevo fervendo ao sol do meio-dia
Quarenta graus de vassourinhas

Ai que calor, ô, ô
Ai que calor, ô, ô
Ai que calor, ô, ô, ô, ô, ô... ô, ô


Autor(es): André Rio / Nena Queiroga

Las canciones más vistas de

Almir Rouche en Octubre