Fábio Carneirinho

Cariri, Aqui Estou

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Chegou a hora de voltar pro meu roçado
Chegou a hora de voltar pro meu sertão
Vou de Princesa contemplando a natureza
Da Veneza brasileira ao padre Ciço Romão

A 232 foi duplicada, tá uma beleza
Chego ligeiro à capital do forró
Vou viajando, já passei de São Caetano
Pesqueira se aproximando, Belo Jardim, Sanharol

É do cangaço a capital do xaxado
Serra Talhada onde nasceu Lampião
Vejo a BR na entrada de Belmonte
Na estrada além do monte
Penaforte é a divisão

Em Brejo Santo vai descer dois passageiros
Ande ligeiro, se avexe, meu irmão
Sai bem cedo, viajei o dia inteiro
Em busca do Juazeiro, meu Padim sua benção

Em Missão Velha o padroeiro da cidade
O carpinteiro padrasto de nosso Senhor
No mês de março festa grande na cidade
As "muié" são perfumada cheirando a pé de "fulô"

Mais adiante em Barbalha os canaviais
No mês de junho tem fogueira, tem rojão
Rezo a trezena depois caio na folia
Brincando com alegria em homenagem a Santo Antônio

Olho pro alto avisto um monumento branco
Sinto no peito que o coração disparou
O chafariz da praça da Lagoa Seca
Jorra água que beleza, vem refrescar meu calor

E desembarca a plataforma da saudade
Vejo seus olhos me olhando com amor
Não molhe os olhos meu amor enxugue o pranto
Dê-me logo seus encantos, Cariri aqui estou

Canciones más vistas de