Carta

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu j??tenho vaidade
Eu simplesmente me entrego
A qualquer alegria sua

Eu sonhei em pesadelos
Fui ao mundo desigual
Eu simplesmente me entrego
A qualquer dor sua
Diga-me como ser sem voc?As tristes almas ficam a noite
Jogadas pelas cal?as
Embriagadas
Sozinhas por voc?
Desfrutando qualquer orvalho
Sentindo perfume em toda cama
Ousando de brincar comigo
Eu sinto que dev?os esquecer tudo

Eu queria ser somente um dia
Ser a magia
E o limite sem limite
Gracejando em minha crise
Um horizonte t?longe
Que o para? nos aguarde
Em sua imagem

Me espere meu amor
Sejamos eternos
Gritemos ao mundo
E o mundo gritando
Sejamos o futuro

Acaso, destino, fatalidade.
Eu creio em nossas juras
N?azemos acontecer
Em n?esmos
Tudo o que quisermos
Somos vida
Somos nobreza
Somos o cora?
Adoraremos o que vier
O que n??terno
N?ser?Mas o nosso amanhecer saber?Unidas duas almas
Ser?uma
J?ue minha procura
Chega a terminar
Mas este ? inicio
Est?emasiado de buscas

Me espere meu amor
Sejamos eternos
Gritemos ao mundo
E o mundo gritando
Sejamos o futuro

N?erecemos o melhor
Podemos pisar na parte descrente
Chorando em minha frente
Quando tudo d?m n?Absurdos logo s?l?os
Absurdos n?s?t?brutos
Absurdos pra n?Absurdos pra eles


Me espere meu amor
Sejamos eternos
Gritemos ao mundo
E o mundo gritando
Sejamos o futuro


Autor(es): Fernando Macário

Canciones más vistas de