Coisa de Pele

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Podemos sorrir
Nada mais nos impede
Não dá pra fugir
Dessa coisa de pele
Sentida por nós
Desatando os nós
Sabemos agora
Nem tudo que é bom vem de fora
É a nossa canção
Pelas ruas e bares
Que nos traz a razão
Relembrando Palmares
Foi bom insistir
Compor e ouvir
Resiste quem pode
À força dos nossos pagodes

E o samba se faz
Prisioneiro pacato
Dos nossos tantans
O banjo liberta
Da garganta do povo as suas emoções
Alimentando muito mais a cabeça de um compositor
Eterno reduto de paz
Nascente das várias feições do amor

Arte popular
Do nosso chão
É o povo quem produz o show e assina a direção


Autor(es): Acyr Marques / Jorge Aragão

Las canciones más vistas de

Beth Carvalho en Septiembre