Radiola

Congelador

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Coração empedrado, bebida largada no congelador
Esquecida de beber, a fonte de um novo amor
Demasiadas estórias, o que crio desfazeis
Embriagados alucinam sempre mais da próxima vez
Frieza calculista salvando-te da dor
Se guarda vira câncer, conseqüência do amor
Nenhuma grade mais alimenta o desejo de torpor
Encarcero-me no instinto
Fracassado caçador
Preso à presa, prezo o tempo
Meu zeloso guardador
Guarda a vida num momento
O melhor ainda não passou
O amor congela a dor
Pior que um destino
Uma dor de amor
O amor congela


Autor(es): Radiola